Apple abre loja gigantesca na China

Apesar das críticas de William Barr a Apple abre loja gigantesca na China, e visa vender mais no mercado Asiático.

William Barr é um advogado americano que atualmente serve como procurador-geral dos Estados Unidos. Anteriormente, ele ocupou o cargo de diretor da Agência de Segurança Nacional e também foi secretário de Justiça durante a administração do presidente George H. W. Bush.

Apple abre loja na China

Recentemente, cresceu o número de lojas americanas na China, o que gerou uma série de polêmicas. Por um lado, há aqueles que argumentam que essas lojas trazem um novo tipo de consumo e oferecem produtos diferenciados dos encontrados nas tradicionais lojas chinesas. Já outros defendem que essa proliferação é prejudicial às empresas locais e acabará por afetar a economia do país.

A Apple é uma das empresas mais bem sucedidas do mundo e seu crescimento na China tem sido meteórico. Em apenas um ano, a companhia triplicou sua participação de mercado na China, tornando-se o sexto maior varejista de smartphones no país. A Apple também está investindo pesadamente na China, com planos para construir mais lojas e centros de distribuição. O crescente poder aquisitivo da classe média chinesa está impulsionando o crescimento da Apple na China e a empresa deve continuar prosperando nos próximos anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.